Resenha: A culpa é das estrelas

14:51 0 Comments A+ a-



Claro que esta não é uma resenha fielmente profunda, é apenas uma coisa rápida visto que isso é só um teste (sim kkkk estou querendo virar resenhista também), mas gostaria de pedir que leve-a em conta mesmo assim, pois no momento não estou inspirada kkk



O livro, nos trás dois personagens, Hazel e Augustos. Apesar de ter lido o livro há muito, não me esqueço das partes importantes.
É um livro de conteúdo muito filosófico e conflitante, que trás-nos a pensar realmente o significado da vida.
Por vezes, enquanto lia o livro deparei-me perguntando coisas que nunca havia pensado em minha vida, tais como assim quis o autor incitar-me a pensar.
É um livro cujo conteúdo não pode ser visto com levianidade, pois sua simplicidade trás, bem lá no fundo uma certa complexidade.
Sem mais tentar explicar, em vão, o que o livro provocou em mim, vou resenhar, kkk desculpem por tentar ser filosófica.
Como já antes disse, o livro trás Hazel, uma paciente terminal com Câncer e Augustos, um jovem que também sofreu com um terrível câncer.
Em um resumo bem grosseiro é um romance, mas quando você ler o livro verá que é muito mais que um romance, é uma amizade, um relacionamento em que ambas as partes se doam, mas que entretanto não chega a ser um namoro (no começo pelo menos).
O fato é que, ambos, Augustos e Hazel, sofrem por conta de seus canceres e isso trás para eles e para nós uma outra percepção de vida. Durante o livro acontece um grande fato, que irá, provavelmente te abalar e te deixar assustada, com medo e muito triste, pois você não vai querer que isso aconteça, mas garanto, isso só vai te incitar a continuar a lendo mais, porque você vai querer saber o que vai acontecer com tal personagem.
O livro tem partes muito profundas, tais quais discute a moralidade, o existencialismo, o egoísmo e a morte, mas também há as partes suaves e engraçadas, que ao meu ver são muito engraçadas mesmo. Confesso que ri bastante com elas.
Porém se prepare para as partes tristes, elas são tristes mesmo!
Irei parar por aqui pois se não irei revelar spoilers, mas tenho um pedido a você que quer ler o livro: leia, pois o mesmo é muito bom!

Sou Nathalia Nates, adolescente, confusa, que não sabe o que quer da vida, e por isso tenta de tudo(desistindo na maioria das vezes por ter medos e inseguranças).

Nasci em uma pequena cidade do norte do paraná, onde moro até hoje, com meus pais e meus dois cachorros.