Homem Aranha e suas duas versões

03:54 21 Comments A+ a-

Aviso: essa postagem contém spoilers sobre os filmes e quadrinhos

Como todos sabem; recentemente ou nem tanto a história do nosso espetacular homem aranha ganhou uma segunda versão nas telonas, sendo uma versão mais parecida com a dos quadrinhos e menos resumida, trazendo mais detalhes e cenas fieis, entretanto uma grande polêmica a respeito de tal surgiu com isso: qual dessas franquias é a melhor?

Bom, essa é uma grande questão, que muitos fãs depenam-se para responder, pois ambas as franquias são boas e envolventes, mas vamos a um debate sério.
Na primeira franquia temos o homem aranha que é picado por uma aranha em uma visita a laboratório e ganha super poderes, o que acontece na segunda também, entretanto acredito que a principal divergência se deve ao fato de que na franquia original o avô do Peter morre já no primeiro filme e seu interesse amoroso é Mary Jane, sua linda e ruiva vizinha, já na franquia que ainda está sendo lançada; o avô do Peter não morre já logo no começo e seu interesse amoroso é Gwen, uma colega sua, aspirante a cientista.
Acredito que o principal diferencial seja esse, os interesses românticos de Peter, na franquia atual nós podemos ver as consequências da mocinha saber que ele é o homem aranha e o perigo que ela sofre por causa disso, tanto é que ela morre por tal, mesma coisa que acontece nos quadrinhos, o que faz com que o interesse de Peter se altere e é ai que surge Mary Jane, Peter se apaixona por ela, entretanto, pela sua experiência com Gwen, ele não pode contar a ela quem é, pois já sofreu as consequências disso uma vez. Para mim, esse é o único fato em que a franquia atual ganha da original, pois apesar do fato de que a original seja confusa a esse respeito, ela acaba se tornando melhor no quesito de apresentação do super herói, pois a nova tem muitos pontos fracos em relação a construção do super herói, pois a mesma tem como objetivo fazer as pessoas conhecerem Peter Parker, portanto se foca mais na apresentação dele como um garoto e não como herói, isso sem falar de algumas características inventadas que na minha opinião se tornaram ridículas, a principal é o fato de que nessa nova franquia temos Peter inventando um dispositivo que lança teias e uma enorme redução se comparar com a original de suas habilidades de "grudar" nas paredes, o que faz com que uma pessoa normal que já viu as duas franquias e nunca leu os quadrinhos ache que originalmente o herói não pode lançar teias, eu simplesmente odiei, pois essa é a melhor característica do herói, Stan Lee deve estar com os cabelos em pé gente kkk.
Eu sinceramente prefiro a franquia original, lançada em 2002, pois além de termos um herói mais adulto temos Mary Jane, sempre gostei da Gwen nos quadrinhos, mas confesso que a Mary Jane dos filmes mudou meu team e uma notícia legal é de que talvez Shailene woodley (que quase apareceu no segundo filme) interpretará nossa linda mocinha, mas não há nada confirmado, pois a atriz está realmente muito ocupada com a saga divergente, então ninguém pode prometer...

Pra quem gosta da série eu vou deixar algumas imagens e curiosidades aqui:

1 - O fluído de teia do Homem-Aranha dura cerca de uma hora.

2 - Os pais de Peter trabalhavam na S.H.I.E.L.D

3 - Já encarnou os poderes Cósmicos tornando-se praticamente insuperável ( Sendo capaz de vencer Superman em um Cross-Over )

4 - Peter Parker interpretado pelo ator Andrew Garfield não era "nerd e perdedor" como o Peter das HQs

5 - Logo na primeira edição da revista The Amazing Spider-Man, Peter Parker tentou uma vaga no Quarteto Fantástico. Apesar de não ter conseguido um lugar na equipe, o Aranha vê no Tocha Humana um dos seus grandes amigos.

6 - Mesmo sendo considerado um Vingador reserva nos anos 80, somente na metade dos anos 2000 que o Homem-Aranha se tornou um membro fixo da equipe.

























Espero que vocês tenham curtido o post e pra quem é fã fica no ar a pergunta: qual franquia é a melhor?


Sou Nathalia Nates, adolescente, confusa, que não sabe o que quer da vida, e por isso tenta de tudo(desistindo na maioria das vezes por ter medos e inseguranças).

Nasci em uma pequena cidade do norte do paraná, onde moro até hoje, com meus pais e meus dois cachorros.