8 dicas para ter uma alimentação mais saudável mesmo comendo na rua (e na escola)

13:38 5 Comments A+ a-



Nunca vou esquecer a Sam, Icarly ♥

Sempre que come na rua, você tem a sensação de que está fazendo as piores escolhas? Pode ser que esteja mesmo! Certos alimentos, além de nada nutritivos, demoram para ser digeridos. Um dos resultados é aquele sono imenso durante a aula de inglês no meio da tarde, sabe?


Nos tópicos a seguir, você vai descobrir algumas dicas para se alimentar de uma maneira mais saudável, mas IMPORTANTE: sem ficar se preocupando em ter um corpo deste ou daquele jeito e nem em ganhar ou perder peso. Seu corpo, magrinho ou gordinho, vai agradecer!



1. Leve algumas comidinhas na mochila
 Ter um lanchinho na bolsa é sempre uma boa opção para evitar cair na tentação junk. Escolha opções leves, como frutas secas, barrinha de cereal (sem chocolate), maçã, iogurte. Alimentos pesados vão te dar aquela moleza depois do recreio ou durante um curso no meio da tarde.

2. Fazer jejum não é legal!
Coma um pouquinho de três em três horas. Assim, você não vai sentir aquela fome de outro mundo na hora do almoço.
3. Não faça a louca das calorias
 Comida não é algo proibido ou ruim - muito pelo contrário ;). Reduzir tudo a números tira toda a graça da sua refeição. O melhor é ir na opção com maior custo-benefício. Por exemplo: um suco tem quase o mesmo valor calórico de um refrigerante, sabia? Mas só com a fruta você tem fibras e vitaminas. Pelo mesmo motivo, comer uma maçã é melhor do que comer um bombom. Um dia ou outro na semana você quer ficar com o refri ou com o chocolate? Tranqs! Equilíbrio é o segredo de tudo!
4. No lanche, prefira salgados assados
 Frituras têm gorduras prejudiciais à saúde. Além disso, podem alterar a reação das nossas células em relação à insulina, consequentemente você tende a se sentir com menos energia.
5. Sanduíche não é igual a almoço
Por mais que tenha folhas e proteínas (queijo e carne), as porções do lanche não serão equilibradas como as de uma refeição. O famoso "prato colorido", ou seja, aquele que tem uma fonte de fibras, minerais, vitaminas e proteínas, é sem dúvida o prato mais saudável. As cores incluem verduras e legumes, ok?
6. Compense as refeições
 Aproveite que os horários da escola, do inglês ou da academia costumam ser fixos e organize seu cardápio. Tipo: quando você sabe que vai almoçar fast-food, prepare um café da manhã com frutas, pão e leite. Ok, nem sempre é possível (garotas atrasadas sabem disso hehehe). Então, dê uma compensada à noite com uma salada e grelhado.
7. Beba bastante água
Além de hidratar a pele, a água ajuda no transporte de algumas vitaminas. Ah, e a desidratação pode prejudicar a concentração e afetar o humor. A quantidade ideal varia de acordo com alguns fatores, como peso, clima e o fato da pessoa fazer ou não exercícios. Um bom jeito de saber se você está consumindo a quantidade certa é observar sua urina. O mais indicado é que ela esteja numa tonalidade de amarelo-claro.  
8. Lembre-se de que comer é bom!
Comer precisa ser um momento prazeroso. Por isso, experimente! Não pense que só porque você não gosta de rúcula que qualquer verdura é ruim. Prove novos alimentos, talvez você descubra opções deliciosas e saudáveis. Para completar, nada é proibido, nem bolacha recheada, nem coxinha, nem refri. Basta não exagerar!