Corporeidade nos tempos de delicadeza


meu corpo é rude.gosto disso.toda a delicadeza que foi-me ensinada não passa de um produto. produto cultural ocidental.expressão de personalidade líquida. sintaticamente aproveitado para os altos padrões de reprodutibilidade.
uso prendedores rudes.o cabelo arrepiado. não é nada delicado. confesso que.
não há nada mais ultrajante.a fofura e a delicadeza não me pertencem. eu me pertenço.
assim me visto. assim me vejo. assim me gosto.

-da época em que eu deveria ser fofa

Nathalia Nates

Sou Nathalia Nates, adolescente, confusa, que não sabe o que quer da vida, e por isso tenta de tudo(desistindo na maioria das vezes por ter medos e inseguranças).

Nasci em uma pequena cidade do norte do paraná, onde moro até hoje, com meus pais e meus dois cachorros.

comentário(s) pelo facebook: